Feed Rss



COMPRAR ELETRODOMÉSTICO E MÓVEIS FINANCIADOS

LINKS PATROCINADOS

Vamos ver algumas dicas para quem está precisando comprar eletrodomésticos como geladeira, fogão, televisão, máquina de lavar roupa financiado ou mesmo móveis como sofá, mesa de jantar, cama e guarda-roupa. É muito importante tomar cuidado e fazer as contas na hora de fazer este tipo de financiamento. A taxa de juros cobrada pelas lojas para financiar uma geladeira costuma ser muito maior do que a taxa de juros que um banco cobra para a compra de uma casa própria ou um carro zero km.

E entender porque as lojas cobram juros tão elevados é fácil de entender. Se você deixar de pagar as prestações da sua casa própria o banco não perderá o dinheiro porque a sua casa certamente está no nome do banco e a ele já pertence. O banco só terá o trabalho de tomar sua casa e colocar a mesma para ser leiloada. O mesmo acontece com carros financiados e que ficam alienados. No caso do eletrodoméstico e do móvel a empresa não tem esta garantia e por isto as taxas são maires.

Por este motivo muitas vezes é mais vantajoso entrar em um parcelamento pelo cartão de crédito do que fazer o financiamento pela loja com o pagamento daqueles carnês. A dica é saber esperar, pesquisar e aproveitar aquelas promoções que acontecem no final do ano nas compras de Natal e os saldões e queimas de estoque que acontecem em janeiro e fevereiro. Outra dica é aguardar datas como o dia das mães para comprar eletrodomésticos e móveis. Os preços costumam cair muito e as empresas em busca de conquistar os clientes acabam permitindo o parcelamento em 10 vezes em juros ou em dezenas de vezes com a cobrança de um percentual de juros. A compra parcelada pelo cartão de crédito também acaba sendo mais vantajosa pela inexistência de burocracia. Basta que você tenha o cartão com pagamentos em dia e tenha limite de crédito para comprar.


Se você gostou clique no botão . Para ser avisado quando novos conteúdos forem publicados cadastre seu e-mail clicando aqui ou assinar nosso feed. Compartilhe este artigo com seus amigos no Facebook, Twitter, Google e por e-mail:

LIVROS RECOMENDADOS:

Comentários